julho 01, 2009

Presente de minha amada Celene...















Fonte do presente: sarcedotisa.blogspot.com

Meus indicados são:

ocaravela.blogspot.com
quiosqueazul.blogspot.com
orientalflores.blogspot.com
mol-tagge.blogspot.com
thirinhas.wordpress.com
babelpontocom.blogspot.com
professor-willian.blogspot.com
www.informaticadesvendada.com
jubaedea.blogspot.com
www.gifsdabac.blogspot.com
Regras: não esqueça de colocar o LINK de nosso Blog (ficcaofantasiaouverdade.blogspot.com) e fica a seu criterio para quem e como repassar...fuiiiiiiiiii

Fantasia ou Verdade?




STARGATE créditos na imagem


Texto origem wikipedia.org


Fantasia:

Elemento principal/primário de uma história. Este gênero é geralmente distinguido de Ficção Científica e horror pelo aspecto geral, atmosfera e pelos temas de cada autor individual, embora haja uma grande sobreposição entre os três (conhecidos no seu conjunto por Ficção especulativa). De modo geral, o termo fantasia cobre trabalhos de escritores, artistas e músicos, desde mitos e lendas até obras mais recentes, conhecidas por uma vasta audiência. Como noutras formas de ficção especulativa, os acontecimentos e ações na literatura fantástica muitas vezes diferem daqueles possíveis na realidade.

        Em muitos casos, especialmente em trabalhos mais antigos, mas também em muitos modernos, isto é explicado por uma intervenção divina, mágica, ou de outras forças sobrenaturais. Noutros casos, mais frequentemente em trabalhos de História, na chamada High Fantasy, a história pode acontecer num mundo fantástico, que é completamente diferente do nosso, completado com leis distintas da natureza que permitem a magia. A história do mundo moderno da fantasia começa com William Morris, membro da irmandade pré-rafaelita, que, nos fins do século XIX, se tornou o pioneiro do género com a obra "The Well at the World’s End" (o Poço no Fim do Mundo) e outras obras, e Edward Plunkett, Lord Dunsany, que continuou a tradição até ao século XX.Desde o início até meados do século XX, muitas obras de fantasia foram publicadas nas mesmas revistas de ficção científica, sendo muitas vezes escritas pelos mesmos autores.Nos meados do século XX, dois subgéneros de fantasia tornaram-se muito populares: High Fantasy eSword and Sorcery (Espada e Feitiçaria).
       Dentro do género de High Fantasy, O Hobbit e O Senhor dos Anéis são marcos; outros trabalhos importantes são As Crónicas de Narnia, de C. S. Lewis, e as sériesEarthsea de Úrsula K. Le Guin. Alguns dos mais importantes contributos para o género Sword and Sorcery incluem Fritz Leiber, Robert E. Howard e Clark Ashton Smith. A literatura fantástica viu a sua popularidade renovada no fim do século XX, muitas vezes influenciada por estes trabalhos e, tal como eles, influenciada por mitos e romances épicos e medievais. A popularidade do género fantástico continuou a aumentar no século XXI, como é demonstrado pelo best seller Harry Potter e no livro , como pelas adaptações ao cinema de algumas obras, que se tornaram êxitos estrondosos, de que são exemplo os recentes filmes do Senhor dos Anéis.

Verdade :
Significa o que é real ou possivelmente real dentro de um sistema de valores. Esta qualificação implica o imaginário, a realidade e a ficção, questões centrais tanto em antropologia cultural, artes, filosofia e a própria razão. O que é a verdade afinal?
Para Nietzsche a verdade é um ponto de vista. Ele não define nem aceita definição da verdade, porque não se pode alcançar uma certeza sobre a definição do oposto da mentira. Daí seu texto "como filosofar com o martelo"
Quem concorda sinceramente com uma frase está alegando que ela é verdadeira. A filosofia estuda a verdade de diversas maneiras. A metafísica se ocupa da natureza da verdade. Alógica se ocupa da preservação da verdade. A epistemologia se ocupa do conhecimento da verdade.
O primeiro problema para os filósofos é estabelecer que tipo de coisa é verdadeira ou falsa, qual o portador da verdade (em inglês truth-bearer). Depois há o problema de se explicar o que torna verdadeiro ou falso o portador da verdade. Há teorias robustas que tratam a verdade como uma propriedade. E há teorias deflacionárias, para as quais a verdade é apenas uma ferramenta conveniente da nossa linguagem. Desenvolvimentos da lógica formal trazem alguma luz sobre o modo como nos ocupamos da verdade nas linguagens naturais e em linguagens formais.
Há ainda o problema epistemológico do conhecimento da verdade. O modo como sabemos que estamos com dor de dente é diferente do modo como sabemos que o livro está sobre a mesa. A dor de dente é subjetiva, talvez determinada pela introspecção. O fato do livro estar sobre a mesa é objetivo, determinado pela percepção, por observações que podem ser partilhadas com outras pessoas, por raciocínios e cálculos. Há ainda a distinção entre verdades relativas à posição de alguém e verdades absolutas.

Definição de verdade
A verdade é uma interpretação mental da realidade transmitida pelos sentidos, confirmada por outros seres humanos com cérebros normais e despidos de preconceitos (desejo de acreditar que algo seja verdade),e confirmada por equações matemáticas e linguísticas formando um modelo capaz de prever acontecimentos futuros diante das mesmas coordenadas.

#moreijo





Tiamat ou planeta Terra?

  Segundo Zecharia Sitchin( teórico que defende a origem da humanidade a seres extraterrestres) , existe seres cujo nome e conhecido como ...