Pular para o conteúdo principal

Postagens

Akator ou Akakor ,o enigma do Brasil e Peru.

Pesquisando no mundo online encontrei alguns causos enigmáticos do povo brasileiro,nação esta relativamente nova em se tratando de historia...são apenas um pouco mais de 500 anos de registros ,vamos lá,conhecer um pouco mais dos mistérios deste País que amo tanto...BRASIL...

Akakor é uma suposta cidade perdida, que estaria localizada nas regiões fronteiriças da Amazônia brasileira com a Peruana e que teria origem pré-colombiana.
Aproximadamente 15.000 anos de existência...

Desde que os europeus chegaram às Américas, existem histórias de civilizações de ouro escondidas no mato, como Eldorado e Paititi. Já o mito de Akator, que a maioria dos historiadores chama da Akakor, é bem mais recente. Surgiu em 1976, quando o jornalista alemão Karl Brugger visitou a Amazônia e conheceu o índio Tatunca Nara.  Com base nos relatos de Tatunca, Brugger publicou o livro As Crônicas de Akakor. De acordo com a obra, há 15 mil anos, uma grande civilização viveu na região da Amazônia que hoje fica entre o …

Futuro e futuro.

Será que teremos?...existe?...o futuro a nós pertence?...venha futuro estamos prontos...

O Futuro (do latimfuturu) é o intervalo de tempo que se inicia após o presente e não tem um fim definido. Referente a algo que irá acontecer, o futuro é o estado utilizado na mecânica clássica para dizer algo que está por vir. É o que ainda não aconteceu. Já na mecânica quântica, não existe a figura do futuro, pois a mecânica quântica atua de forma atemporal. O futuro é algo longínquo, indeterminado e imprevisível.

Como sempre, hoje acordei e preocupado com o bem e o futuro da humanidade, no entanto, tentei comparar as horas de dois dispositivos diferentes um relógio e um celular, inesperadamente existiu uma disparidade nas horas, diferença de uma hora respectivamente. Tudo se explica por uma precipitação de fuso horário. PARECE UMA LOUCURA mas a humanidade esta desequilibrada. Tonito Nhampa A cada dia que passa estamos destruindo uma parte do mundo, a humanidade nem imagina ou finge não ver, os pre…