07 agosto, 2016

A floresta Amazônica e seus mistérios tenebrosos e curiosos.

A Amazônia representa mais da metade das florestas tropicais remanescentes no planeta e compreende a maior biodiversidade em uma floresta tropical no mundo. O nome "Amazônia" deriva das amazonas, mulheres guerreiras da Mitologia grega.A floresta provavelmente se formou durante o período Eoceno. Ela apareceu na sequência de uma redução global das temperaturas tropicais do Oceano Atlântico, quando ele tinha se alargado o suficiente para proporcionar um clima quente e úmido para a bacia amazônica. A floresta tropical tem existido por pelo menos 55 milhões de anos e a maior parte da região permaneceu livre por biomas do tipo savanas por, pelo menos, até a Era do Gelo Atual, quando o clima era mais seco e as savanas mais generalizadas.Com base em evidências arqueológicas de uma escavação na Caverna da Pedra Pintada, habitantes humanos se estabeleceram na região amazônica pelo menos há 11 200 anos atrás.solo amazônico é bastante pobre, contendo apenas uma fina camada de nutrientes. Contudo, a flora e fauna mantêm-se em virtude do estado de equilíbrio (clímax) atingido pelo ecossistema sendo de grande importância para a sobrevivência da Natureza no Planeta Terra.
Floresta amazônica Mapa de 2013:

OBS: a cor vermelha esta dando destaque ao desmatamento feito pelo homem na Floresta ate o ano de 2013 (infelizmente a ganancia do ser humano não tem limites) 


Mistérios da Amazônia:
Diversas são as lendas relacionadas à Amazônia. O Eldorado, uma cidade cujas construções seriam todas feitas de ouro maciço e cujos tesouros existiriam em quantidades inimagináveis, e o lago Parima (supostamente a Fonte da juventude). Provavelmente estas duas lendas referem-se à existência real do Lago Amaçu, que tinha uma pequena ilha coberta de xisto micáceo, um material que produz forte brilho ao ser iluminado pela luz do sol e que produzia a ilusão de riquezas aos europeus.
Texto origem WIKIPEDIA


A lenda de Akakor:
É sobre uma cidade perdida que fica na floresta amazônica e guarda segredos que podem desvendar o mistério do EL DORADO,é um reino subterrâneo descrito no livro As Crônicas de Akakor (Die Chronik von Akakor, 1976) do jornalista alemão Karl Brugger. Brugger localizou Akakor entre o Brasil e o Peru, dentro da floresta amazônica, perto da nascente do Purus – um dos locais onde tradicionalmente foi localizado a cidade de Paitítia lendária cidade perdida localizada no leste do Andes, escondida em algum lugar remoto das florestas tropicais do sudeste do Peru, norte da Bolívia e sudoeste Brasil).

A cidade Futurística  da Amazônia:

No meio da selva amazônica brasileira em meio a um triangulo imaginário formado pelas cidades de Porto Velho, Manaus e Santarém, segundo relatos de Pilotos que sobrevoam a área aparece uma cidade futurística na misteriosa e densa floresta amazônica, relatam ter visto uma cidade gigantesca que apelidaram de cidade de Buck Rogers ou ainda a cidade do ano 3000.Muitos contam que Houve um caso em que um piloto, resolveu tentar aterrissar em uma imensa pista longitudinal. Por pouco sua aeronave não colidiu com as imensas copas de arvores, pois, a cidade sumiu repentinamente.



Os desaparecimentos na AMAZÔNIA:

A implacável selva amazônica levou a vida de muitos aventureiros, o mais famoso talvez seja o coronel Percy Fawcett, que desapareceu em 1925, enquanto na busca de uma mítica cidade perdida. Fawcett era famoso na época por suas expedições de cartografia nas florestas do Brasil e da Bolívia. Durante essas viagens, ele formulou uma teoria sobre uma cidade perdida chamada "Z", que ele acreditava existir em algum lugar na região inexplorada do Mato Grosso.Na época e ate hoje calcula se mais de 100 pessoas morreram a procura de algum indicio do desaparecimento de Fawcett e Jack, seu filho primogênito, mais um jovem chamado Raleigh Rimmell.



Os NAZISTAS no BRASIL:

Na lápide improvisada, o necrológio da cruz explica: “Joseph Greiner morreu aqui em 2/1/36, a serviço da pesquisa alemã, vitimado pela febre – Expedição Alemã do Jari, 1935-1937″.